19 de novembro de 2012 Lelo 16Comment

Olá Peruas!

Hoje é um post que não fala do Paraguai mas, eu sei que vocês vão adorar!

Eu gostaria de apresentar a você uma cantora que passa muito tempo no “repeat” aqui do PC, a Reah Valente.

Enquanto lê um pouco sobre ela, dá play aí:

Reah Valente – Julho ( Clica com o scroll pra abrir em outra aba

(Era pra aparecer a janelinha do YT, mas não deu certo vocês me perdoam, né?)

Então, Reah Valente – é natural de Maringá, e como grandes cantoras, já cantarolava e fazia shows com sua guitarra imaginária desde pequenininha. Foi aos nove anos que iniciou seu treinamento como musicista, violão, guitarra, baixo e bateria são os instrumentos que ela toca magistralmente – eu vi de pertinho e assino embaixo, e  eu assino também pela competência dela no piano mas, essa mulher é perfeccionista demais pra assumir que toca piano.

O nome artístico, Reah, surgiu na adolescência, quando fez um intercâmbio e os americanos não conseguiam pronunciar Renata. Após esse intercâmbio, aos 18 anos, ela mudou para Tóquio onde se formou em História e Cultura Japonesa. Neste tempo dava aulas de inglês e fazia pequenas apresentações na noite da metrópole asiática pra ganhar uma grana extra. Foi esse o fato que proporcionou ser descoberta por uma gravadora independente, na qual lançou seu primeiro álbum, Certain Relativity, em 2005.

Depois disso, já nos estados unidos, lançou “My way back home” em 2007 e  “Psychedelic Cinema” de 2009.  Trabalho produzido junto grandes nomes da produção musical americana, dentre eles Paul Fox e Dave Cobb (10,000 Maniacs, Sugarcubes, Shooter Jennings) assim como Andy “Red Spyda” Thelusma (Eminem, 50-Cent).

Depois de tanto tempo fora da pátria amada Brasil, ela sentiu que era hora de voltar ao ninho e se comunicar com os fãs em português, ideia formada, colocar a mão na massa não é problema pra essa menina. Em menos de 6 meses uma nova criação estava pronta. O disco “Cenários” teve participação de Rique Azevedo e Pedro Rangel, o trabalho foi mixado e masterizado por João Milliet.

Agora vocês me perguntam:

Mas porque a Reah veio parar aqui?

Por dois motivos, o primeiro, é que ela morou em Foz gente!

E segundo…

Tchã-ram-rã!

Ela mandou um álbum “Cenários” pra sorteio entre os leitores do PYNK!

 

E o álbum é autografado, tá?

Já pode desejar e quem ganhar pode fazer invejinha cinza pelo mundo.

Então, vamos usar o Random Number Service e tudo que é necessário fazer é deixar um comentário, ok? Não precisa curtir, seguir, fazer dança da chuva, bater na madeira, nem nada. Por que? Porque eu DE TES TO soteio que as pessoas fazem pra ganhar seguidores. Aqui vocês só segue se gostar de coração.

O Sorteio será feito na próxima segunda e se tudo der certo, eu ratifico a chance durante o próximo post da semana.

Bença!

  • Que legal a história dela… Eu quero o

    Bjos

  • Cláudia Nicolodi

    Gostaria de conhecer o trabalho dela

  • Lalinha Bueno

    🙂

  • Patrícia Carla Cardoso Rodrigues

    Eu quero!!!!!

  • Opa!! Eu quero também!

    E só pra constar: Tbm detesto esse sorteios que exigem um Curtir e/ou um Compartilhamento, etc, etc, etc….

  • Vanessa

    😀

  • Debbie

    eeeee…. eu tbm queeeero!

    sucesso pra ela o/
    =***

  • Simone Faustino

    Eu quero! ^_^

  • Marina

    já é meu…

  • Cíntia

    Eu querooo!!!!

  • Joanna

    Quero!!! 😉

  • DANY

    EU QUERO!!!!!!

  • Luciana

    Ficaria super feliz se fosse sorteada hein!! Sempre é muito bom saber de artistas brasileiros que despontam no cenário mundial.

  • Pingback: Pra servir…. | Paraguai Pink()

  • Orlando

    Legal esse blog de vcs. Vou passar a segui-lo, as dicas são realmente muito interessantes.

    • marcelo

      Sej abem vindo Orlando!
      Se tiver alguma dúvida, é só escrever!

      Abraço

      MArcelo