Casa

Algodoeira

8 de julho de 2011 fabi 18Comment

Esse é um post meio atrasadinho, mas vocês vão adorar (espero, né? xD)

Na festinha do meu aniversário (óun…), láááá no dia 27 de maio, resolvi fazer algo um pouco diferente: pães, torradas e patês, gominhas, balas de coco, paçoquinha, maçãs do amor e tantantantan… ALGODÃO-DOCE.

Obs.: Quando fui tirar foto da mesa, ela já não estava tão bonita… Já tínhamos detonado as comidinhas e a organização. haha Ah, e aquilo ali do lado das maçãs do amor são cake pops (bolos de palito). Poxa, tava tão bonito e eu nem tirei foto direito. Deu taaaanto trabalho pra fazer.. uhaiua

Mas, vamos lá… o negócio é a algodoeira.

Como nem sei onde contratar alguém pra fazer algodão-doce aqui em Foz, minha queridíssima amiga Taís (na verdade, amiga de todas aqui do blog e uma suuper colaboradora) me emprestou uma algodoeira.

Gente, vocês não tem ideia da maravilha que é fazer algodão-doce, fora o fato de comer, não é?!

Essa gracinha, toda retrô, foi comprada aonde? No nosso querido e amado Paraguai.

Além de ser super bacana, ainda rendeu boas risadas na competição do algodão-doce: ganhava quem fazia o maior algodão-doce.

Ah, claro, é mini né?! Ou seja, o algodão-doce sai pequenininho.

Como funciona?

Você coloca a bonitinha esquentar por uns 5 minutos, desliga, coloca o açúcar cristal no lugar dele (no meio da algodoeira) e liga novamente. Ela faz uns dois algodões-doces.

Aí é só repetir a ação: desliga, açúcar, liga = algodão.

Claro que tem toda a técnica de enrolar certinho, mas isso é fácil de pegar. Testando você já entende. =)

Não é um charme?

Onde: Casa Americana (no Shopping Americana)

Quanto: 50 doleta.

Curtiram? Posso comprar uma? xD