Dicas pro Turista

Compras Parceladas – Guarani Card

22 de fevereiro de 2018 Lelo 0Comment

Respeitável (ou nem tanto) público!

Finalmentche uma empresa conseguiu resolver a treta do parcelamento das compras no Paraguai.

Antes de tudo eu tenho que agradecer a Camila, que trabalha no Marketing da Guarani Card, que está aturando perguntas e mais perguntas minhas faz se-ma-nas!

E isso acontece porque a maioria das tentativas prévias tinha algo de falcatrua no meio do caminho. Desta vez eu escarafunchei por tudo e pelo que eu e os advogados – Brasileiros and Paraguaio – não encontramos nada que desabone a transação.

E o que acontece, todos os oferecimentos anteriores propunham soluções mágicas, não explicavam taxas, tinham caminhos obscuros – legalmente falando – e quando vocês questionava a resposta era: Você não precisa se preocupar com isso.

Lógico que eu preciso me preocupar com isso! É meu nome, meu CPF, meu dinheiro e o meu tobinha caso eu vá parar na cadeia:

Guarani Card surgiu já tem um tempo, e o primeiro produto deles é um cartão de viagem pré pago.

Quer dizer, eles funciona igual um celular, você carrega um tanto de reais e vai gastando… gastando.. até acabar.

Tem Taxa de anuidade: SIM;

Tem taxa de transferência: SIM;

Tem taxa de recarga: SIM;

Tem taxa gigante da primeira recarga: SIM;

Tem para saque: SIM!

Quer dizer: Eles tão trabalhando. E não existe mágica, se você quer conforto e segurança, você terá que pagar por isso. A grande vantagem é não carregar dinheiro durante as compras.

Já o segundo produto deles é uma facilidade de parcelamento de cartão de crédito internacional. Provavelmente você chegou aqui atrás de saber mais sobre ele.

Como todos sabemos, compras internacionais não podem ser parceladas. Isso é uma resolução do governo brasileiro, e se eu dissesse que sei o por quê, estaria mentindo. É aquele tipo de sapo governamental que a gente só engole.

O que a empresa Guarani Card (processadora de crédito) propôs é ter maquinas de processamento de cartão.

Um Cartão de Crédito Internacional CABAL (exclusivamente) – aceito em qualquer lugar do mundo onde a bandeira for aceita – ele é emitido para brasileiros por diversos bancos.

Sendo um banco e sendo um cartão internacional, como você já deveria saber, todas as análises de crédito e taxas (anuidade, taxas para saque etc…) são aplicadas SIM.

Como funciona:

Você faz sua compra e na hora do pagamento pode solicitar até simulação de parcelas.

Você já verá o valor com o acréscimo de 6,38% (taxa de IOF do governo Brasileiro) e o valor das parcelas em REAIS.

A Guarani Card oferece as maquininhas, controla as vendas e manutenção no comércio em Ciudad Del Este e o parcelamento é um acordo entre o banco e a processadora. Assim como eu queria entender a dinâmica, faço questão de resumidamente explicar:

  1. As lojas não alteram os valores nos produtos, porém eu sei que eles pagam uma taxinha para o cartão;
  2. A loja vai receber o valor integral à vista;
  3. O emissor do cartão funciona como uma financeira que parcela a fatura do seu cartão sem juros e em parcelas fixas.

Basicamente, funciona como uma renegociação de fatura, contudo já aparece na maquininha da Guarani Card o acréscimo da IOF. Todas as taxas que eu descrevi acima são do banco que oferece o cartão de crédito.

Para solicitar seu cartão Cabal CLIQUE AQUI.

Maiores informações, estes são os canais da Guarani Card diretamente:

Guaranicard S.A.
Processadora de Pagamentos
Endereço:
Av. San Blas, Edifício Bonita Kim, 12° andar.
Cidade do Leste – Paraguai
Telefone:
+595 61 252 5100
+595 21 326 9488
Dúvidas e sugestões:
[email protected]
Infelizmente eu gostaria de dizer aqui, já finalizando essa matéria, para vocês comprarem em qualquer lugar onde essa facilidade for oferecida.
Mas a verdade não é essa. Algumas das lojas que se afiliaram a esse serviço eu não conheço, e outras que realmente não tem boa reputação ou índole.
Então, #vemkotio e veja a lista de lojas que confio:
Capoani;
Casa Nippon;
CellShop;
iShop;
Mega Eletrônicos;
Mega Shopping;
Miss Rôse;
Nissei;
ProShop;
Shopping China.
Procurei colocar em ordem alfabética, para evitar a fadiga.

Aproveitando para relembrar vocês:

É crime usar um cartão que não seja INTERNACIONAL em compras fora do país. Muita gente caiu nessa tentação e teve o cartão clonado e acabou pagando dívidas imensas. Quando uma bandeira te dá uma linha de crédito e limita ao uso nacional e você usa fora do Brasil, você infringiu uma regra e a partir desse momento eles não se responsabilizam pelos valores gastos após essa ação.

#Bença!