Makes & Etc

Dica da Leitora: Base Gosh

15 de julho de 2011 fabi 25Comment

Olás, olás

Sabemos que o PY tem infinidades de produtos e que vocês também têm ótimas dicas. E claro, sozinhas não conseguiríamos desvendar tudo… Então, inauguramos hoje a coluna “Dica da Leitora”.

A primeira é da Ellen Ruth que, assim como eu, é branquelinha. Ellen sugere a base da marca dinamarquesa Gosh – não só pras branquelas, mas, se você for uma, sabe da dificuldade de encontrar uma boa base.

É a XCeptional Wear Foundation.

Vale lembrar que a Gosh tem cosméticos para todos os tipos e cores de pele, oka? =)

Segue a resenha da Ellen:

Essa base tem uma história curiosa, foi bem por acaso que a conheci. Acho que todas as garotas branquinhas, como eu, sabem que sofrimento é conseguir achar uma base adequada. Sem contar que geralmente as bases clarinhas não disfarçam muito bem as sardas e manchinhas. Ainda por cima tem o problema da oleosidade, mulher sofre muito mesmo.

Mas, por acaso, bem por acaso, pedi pro meu namorado, aproveitando a viagem ao PY, trouxesse uma Base. Coragem pedir isso pra homem, certeza que é dinheiro jogado fora. Mas não foi que ele surpreendeu? Além de acertar no tom da pele, ainda me trouxe uma belezinha barata e pra lá de eficiente que não largo mais. Não sei vocês, mas até então eu nunca tinha ouvido falar dessa tal de Gosh, e desconfiei bastante, até a primeira aplicação, aí não restaram dúvidas de que ele acertou em cheio!

Detalhe que já fazem 2 anos que uso a mesma embalagem.

Inclusive já até comprei uma reserva para caso de emergência, mas já fazem 7 meses que ela está lacrada, e acho que não vai ser usada tão cedo.

Meu namorado não lembra em qual loja comprou pela primeira vez, nem lembra o preço, mas eu já dei uma olhadinha e encontrei lá nas Casa Americana. A segunda embalagem foi comprada no Dutty Free de Puerto Iguazú AR) por 17 dólares, nada mal né? (aquela da primeira foto deste post)

Ela é ideal de usar tanto no dia a dia, quanto a noite, com auxilío de um corretivo pro acabamento ficar melhor.

Ela tem o mesmo efeito de uma outra que eu uso da Mac, a Studio Sculpt, que custa em torno de uns 52 dólares.

A única diferença considerável entre elas é que a da Mac é mais “pintura” mesmo, haha, tampa até pintinhas, e a Gosh é mais leve, pra usar no dia a dia. E o melhor: não é oleosa.

Show de resenha, hein?

Eu não conhecia essa marca e achei suuuuper interessante. Vou adquirir uma quando minhas bases acabarem. Já a Leila, Karla e a Ju (blogueiras do PYnk, vocês conhecem) já usaram a marca.

Pras meninas que moram looonge e não vêm ao PY, mas leem e adoooram o nosso blog (haiuha), mais uma dica: podem adquirir os produtos pelo site da marca (http://www.goshcosmetics.com/). Pelo que vi, eles entregam em qualquer lugar. A diferença é que tem um pequeno acréscimo né?! Normal.

Então é isso.

Já usaram Gosh? Contem pra gente.

Têm alguma dica? Mandem também.

-> Você pode falar com a gente pelo twitter, facebook e e-mail – que estão na página “Contato” – tá lááá em cima também. Claro, além dos comentários.

Ah, ia esquecendo, a Aline Aguayo, do Toda Linda, mostrou umas comprinhas que fez em Ciudad del Este (ótimas dicas). Vejam aqui.

Beijinhos.