21 de fevereiro de 2019 Lelo

Essa semana recebi uma pergunta interessante de um fotógrafo pois ele queria legalizar um equipamento e não sabia exatamente como fazê-lo. É importante saber que (hoje) cada brasileiro que chega no país de uma viagem internacional de qualquer jeito que não seja de avião, tem direito a uma cota de U$ 300,00 e que o excedente a isso tera uma taxa de 50% do valor em impostos, por exemplo: Compray um notebook de U$ 400,00 na hora que eu estava atravessando a ponte parei para legalizar, a conta será: Mercadoria : U$ 400 – U$ 300 cota = U$ 100…