Turismo na Fronteira

Turismo Rural: Circuito Sabia

28 de novembro de 2011 fabi 12Comment

Olás, olás!

Ontem fui (eu e uma galerê da Social Media Foz) passar um #DomingoNoCampo pelo Circuito Sabiá, em Matelândia, a convite do Polo Iguassu e apoio da Loumar Turismo e Click Foz.

O Circuito Sabiá faz parte do programa Aconchego no Campo – que reúne 14 pontos de Turismo Rural aqui no Oeste do Paraná e é formado por pequenos produtores e artesãos que compartilham com visitantes sua história, produção e modo de vida.

Essa foi uma das ações do Projeto de Fortalecimento do Turismo Sustentável da região (saiba mais).

É MARAVILHOSO!

SÉRIO!

As famílias são umas fofas e nos receberam suuuper bem. Vamos ao roteiro:

Saímos umas 9h da manhã de um domingo ensolarado (haha) em uma das vans da Loumar Turismo. Foram cerca de 20 pessoas.

Primeira parada: Família Bozio. Fomos recebidos por Zilmar e fizemos um, ai meu deus, excelente café da manhã. Suco de acerola rules.

Depois fomos conhecer a propriedade da família, com direito a ver o primeiro pé de maçã da minha vida.. haha. Além de porcos-da-índia, galinhas e coelhinhos (não tem como colocar todas as fotos =/). O Zilmar é artesão e faz um trabalho lindinho: baratinhas fofas.

Detalhe para a iluminação com garrafa pet!

Depois de ver, fomos fazer nossas próprias baratinhas (tá bom, era só colar os bracinhos e perninhas, mas foi super divertido). Vejam:

Também fomos até uma cachoeira lindinha, mas essa eu não molhei nem os pés (preguiça de tirar o tênis). Então, fotinha da Leca (Cereja no Ombro), a puRtuguesa Suzana (Trafor) e Alysson (Enlink):

A outra cachoeira foi visitada de trator. Iéé, muito divertido.

Bem, depois de toda essa água, já bateu uma fome né?! Então, fomos almoçar na Família Grassi (Dona Neca e Seu Grassi são super famosos na região por sua hospitalidade: fofos e atenciosos).

Claro, um bom vinho e sobremesa pra acompanhar tudo isso:

A Leca não quis mostrar, mas eu vou: NOSSO PRATO DE POBRE!

Depois do almoço, fomos curtir uma rede no bosque… um violão e os mosquitos (repelente neles). E que tal um riozinho, hã?! Aí, ninguém resistiu:

E o Allyson não parava de cantar: “Garota na chuva, são as quatro estação” (já viu? não? então veja no post da Leca – ela linkou junto com a fotinha aí de baixo – que eu roubei do post dela.. haha). Faltou a gente gravar a coreografia lá. RÁ!

Última parada: museu da Nona Grassi – onde pudemos ver a história de uma típica família do campo. E, aiaiaiai, café da tarde! Com o MELHOR bolo de fubá do mundo! Jesus. Morremos!

Querem mais informações? Ficaram tentados?

Saiba mais pelo site do Circuito Sabiá e fale com o Polo Iguassu.

Também, pode agendar uma visita com o próprio Circuito. Telefones: (45) 3262-2458 e 3262-8350.

Beijos picados (de pernilongo) ou beijos borrachudos. Você escolhe… huhu

;*

P.S.: Adorei passar o dia com todos vocês, seus lindos. E obrigada Garon, Polo e Loumar pelo convite. Ah, e Leca, porque roubei umas fotinhas.. haha